Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Rui relata ter pedido a Dilma ‘desapego’ ao cargo antes de afastamento por impeachment

Governador petista ainda afirma que, no primeiro mandato, ela “pecou” a agenda econômica do país, que ficou sem capacidade fiscal

[Rui relata ter pedido a Dilma ‘desapego’ ao cargo antes de afastamento por impeachment]
Foto : Matheus Simoni/Metropress

Por Juliana Almirante no dia 25 de Novembro de 2019 ⋅ 09:34

O governador Rui Costa (PT) declarou, durante entrevista à Rádio Metrópole hoje (25), que pediu a ex-presidente Dilma Rousseff, antes do impeachment, que demonstrasse “desapego” ao cargo e convocasse novas eleições, antes de ela ter sido condenada e afastada com a conclusão do processo de impeachment, em 2016. 

Ele afirma que, no primeiro mandato, ela “pecou” a agenda econômica do país, que ficou sem capacidade fiscal. Isso acabou levando também à perda da base parlamentar no Congresso, diz Rui. O governador ainda acusa o grupo da oposição, que perdeu a eleição ao Planalto de ser responsável por um boicote que culminou na crise econômica que atinge o país há cinco anos.

“Quando virou o novo governo, os que perderam a eleição boicotaram o país. O que era difícil ficou impossível. Ela ficou sem capacidade de governar. Os que perderam eleição disseram que iam destruir o Brasil e cumpriram a palavra destruindo o Brasil e tiraram ela. A gente percebia, claramente, que ela não tinha mais força para fazer maioria”, diz o gestor.

“Eu tive oportunidade de dizer a ela: 'presidenta, é melhor a senhora conduzir isso, mostrando desapego ao cargo e convocar eleições, independentemente do resultado, para fazer essa transição'. Mas ela preferiu fazer a condução. E naquele momento… A história recente o povo conhece. Então o país está sofrendo tem cinco anos patinando e em crise, com o desemprego aumentando”, completou o petista. 

Notícias relacionadas