Quinta-feira, 02 de dezembro de 2021

Política

Suposta candidata laranja do PSL é condenada a devolver R$ 380 mil ao fundo partidário

Maria de Lourdes recebeu R$ 400 mil do Fundo Especial de Campanha no PE e obteve apenas 274 votos

Suposta candidata laranja do PSL é condenada a devolver R$ 380 mil ao fundo partidário

Foto: Divulgação

Por: Lara Curcino no dia 28 de novembro de 2019 às 16:40

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco reprovou hoje (28) as contas de Maria de Lourdes Paixão Santos, candidata a deputada federal pelo PSL nas eleições do ano passado e determinou que ela devolva R$ 380 mil ao fundo partidário. A informação é do jornalista Fausto Macedo. 

De acordo com a Procuradoria Eleitoral do estado, Maria de Lourdes foi a candidata do partido que mais recebeu recursos do Fundo Especial de Campanha no PE, no total de R$ 400 mil. Ela também recebeu o segundo maior valor de verbas na legenda, atrás apenas de Luciano Bivar, presidente da sigla. Ela obteve, no entanto, apenas 274 votos.

A Procuradoria concluiu, no seu parecer ao TRE, que há “fortes indícios” de que o caso se tratava de uma candidatura-laranja para desviar capital do fundo partidário. O PSL negou. 

Suposta candidata laranja do PSL é condenada a devolver R$ 380 mil ao fundo partidário - Metro 1