Política

'Lula deve pregar pacificação no país e PT precisa fazer ajuste fino', diz Rui Costa

O governador da Bahia criticou voto do partido contra marco legal do saneamento

['Lula deve pregar pacificação no país e PT precisa fazer ajuste fino', diz Rui Costa]
Foto : Paula Fróes/GOVBA

Por Lara Curcino no dia 14 de Dezembro de 2019 ⋅ 10:51

O governador da Bahia, Rui Costa, afirmou, em entrevista publicada hoje (14) pela Folha, que o PT precisa passar por um “ajuste fino” para rever e conciliar as posições dos membros dentro do próprio partido. 

“Eu acho que de fato é preciso aproximar as posições gerais do partido de desafios concretos da economia e da sociedade, da realidade brasileira. É preciso um ajuste fino, um refinamento das nossas posições”, disse ele.

Rui ainda defendeu a Parceria Público-Privada, após ser perguntado sobre o voto do Partido dos Trabalhadores contra o marco legal do saneamento e sobre a PPP fechada com grupo chinês para construção da Ponte Salvador-Itaparica. 

“É evidente que precisamos usar o instrumento da parceria público-privada, do capital privado, para levar água e esgoto à população. Isso não significa que os interesses públicos estarão subordinados aos privados. Podemos ter agências reguladoras fortes. Não abrirei mão do controle da minha empresa de saneamento, mas vou abrir seu capital”, declarou. 

O gestor estadual comentou também sobre o papel de Lula no cenário político daqui para frente, que, segundo ele, precisa ser um “conciliador” no Brasil. Rui disse ainda que está “à disposição” da legenda para a eleição presidencial de 2022.

Notícias relacionadas

[Após aval do TRE-BA, Léo Prates sai do DEM ]
Política

Após aval do TRE-BA, Léo Prates sai do DEM 

Por Alexandre Galvão no dia 29 de Janeiro de 2020 ⋅ 07:37 em Política

Em mensagem divulgada hoje, o político ressaltou que sai da legenda, mas permanece ao lado do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM)