Política

Bolsonaro nega reforma ministerial e elogia Weintraub

"Não está previsto. Por enquanto não tem nada que me leve a trocar um ministro que seja", afirmou o presidente

[Bolsonaro nega reforma ministerial e elogia Weintraub]
Foto : Marcos Corrêa/PR

Por Juliana Rodrigues no dia 14 de Dezembro de 2019 ⋅ 17:31

O presidente Jair Bolsonaro negou que esteja preparando uma reforma ministerial para o início de 2020. A informação foi publicada em reportagem da Folha de S. Paulo, hoje (14).

"Toda semana vocês [a imprensa] trocam um ministro meu", disse. "Não está previsto. Por enquanto não tem nada que me leve a trocar um ministro que seja", afirmou Bolsonaro, na saída do Palácio da Alvorada, em Brasília.

Na reportagem, interlocutores do governo afirmaram que o Planalto quer realizar alterações no primeiro escalão em 2020, com a troca de três ministros: Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Abraham Weintraub (Educação) e Bento Albuquerque (Minas e Energia).

Bolsonaro ainda avaliou o desempenho de Weintraub como "excelente". "Um ministério bastante complicado, tomado pela esquerda há décadas, e [que estava] conduzindo a educação do Brasil num mau caminho, olha a prova do Pisa", afirmou o presidente, referindo-se à avaliação internacional do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa), divulgada este mês. O resultado da prova mostrou que o desempenho dos estudantes brasileiros está estagnado desde 2009.

Notícias relacionadas