Política

Para manter 'tradição', DEM quer ter o vereador 'menos votado' em 2020

Em 2012 o partido elegeu Vado Malassombrado com 4.059 votos e repetiu a dose em 2016, com a eleição de Alex Mine, que teve 3.064 sufrágios

[Para manter 'tradição', DEM quer ter o vereador 'menos votado' em 2020]
Foto : Divulgação

Por Alexandre Galvão no dia 14 de Fevereiro de 2020 ⋅ 14:48

Partido do prefeito de Salvador, ACM Neto, e do pré-candidato ao posto, Bruno Reis, o Democratas tem uma ambição "inusitada" para este ano. O partido quer voltar a eleger o vereador com menos votos da legislatura. 

A ideia é mostrar que na legenda cabem, além dos figurões com votos, outras figuras em ascendência na política soteropolitana. Pesa em favor do partido o histórico positivo nesse sentido. Em 2012 conseguiu abrigar Vado Malassombrado, com 4.059 votos e, em 2016, repetiu o feito com Alex Mine, que teve 3.064 e foi alçado a uma cadeia na Câmara Municipal de Salvador (CMS) após colegas conseguirem vagas na Assembleia Legislativa da Bahia e composições de secretariado.

Notícias relacionadas