Política

Bolsonaro manda vídeo convocando para ato anti-Congresso

Presidente da República usou o Whatsapp para compartilhar mensagem; Reações falam em "crise intitucional"

[Bolsonaro manda vídeo convocando para ato anti-Congresso]
Foto : Marcos Corrêa/ PR

Por Metro1 no dia 25 de Fevereiro de 2020 ⋅ 22:05

O presidente da República, Jair Bolsonaro, enviou de seu celular pessoal via Whataspp, um vídeo que convoca a população para um ato, que ocorrerá dia 15 de março, em defesa do governo e contra o Congresso Nacional. 

“Ele foi chamado a lutar por nós. Ele comprou a briga por nós. Ele desafiou os poderosos por nós. Ele quase morreu por nós. Ele está enfrentando a esquerda corrupta e sanguinária por nós. Ele sofre calúnias e mentiras por fazer o melhor para nós. Ele é a nossa única esperança de dias cada vez melhores. Ele precisa de nosso apoio nas ruas. Dia 153 vamos mostrar a força da família brasileira. Vamos mostrar que apoiamos Bolsonaro e rejeitamos os inimigos do Brasil. Somos sim capazes, e temos um presidente trabalhador, incansável, cristão, patriota, capaz, justo, incorruptível. Dia 15/03, todos nas ruas apoiando Bolsonaro”, diz a narração da peça.

A atitude causou reações na esfera política. O ex-presidente, Fernando Henrique Cardoso, classificou como "crise institucional de consequências gravíssima". Já o governador do Maranhão, Flávio Dino, afirmou que "tal coação constitui crime de responsabilidade".

Confira o vídeo

Notícias relacionadas