Política

'Estamos assistindo à desintegração da ordem natural das coisas', diz Muniz Sodré sobre pandemia

Para ele, esta desintegração causa um desalento coletivo, que dá espaço para a violência do sistema social

['Estamos assistindo à desintegração da ordem natural das coisas', diz Muniz Sodré sobre pandemia]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Juliana Almirante no dia 27 de Março de 2020 ⋅ 09:17

O sociólogo, jornalista e escritor Muniz Sodré disse, em entrevista à Rádio Metrópole, que a população assiste à desintegração do que parecia ser a ordem natural das coisas, durante a pandemia do novo coronavírus.

"Acho que estamos passando por um momento de grande aflição, mas não apenas a questão do coronavírus. Estamos assistindo à desintegração do que parecia ser a ordem natural das coias. A ordem era que a ciência avançada controlaria as doenças, não controla. A ordem de que economia se autocontrola, o discurso de (Paulo) Guedes, dos neoliberais. A economia não se autocontrola. Os governantes, que esperamos que agissem com algum respeito, isso não se dá", avalia.

Para ele, esta desintegração causa um desalento coletivo, que dá espaço para a violência do sistema social. 

"É um momento grotesco. É um momento que dá vazão à violência interna, não só de cada pessoa, das pessoas colocadas no poder, mas a violência de todo o sistema social. Quando o ministro da Economia se permite a expressar, em público, o desprezo dele pelas empregadas domésticas. Quando o presidente diz que o brasileiro é capaz de mergulhar no esgoto e sai ileso, por isso não precisa do sistema de saúde. Acho que o poder do Estado se torna uma caricatura de si mesmo", disse Sodré.

Notícias relacionadas

[Bolsonaro assina reajuste a policiais do DF]
Política

Bolsonaro assina reajuste a policiais do DF

Por Luciana Freire no dia 26 de Maio de 2020 ⋅ 18:20 em Política

MP foi assinada no início da tarde em uma cerimônia fechada no Palácio do Planalto; aumento será de 25% para policiais militares e bombeiros e de 8% para policiais civis