Política

Bolsonaro diz que falta humildade a Mandetta e afirma que ‘nenhum ministro é indemissível’

O ministro defende o isolamento completo para evitar a propagação do vírus, já o presidente pede o isolamento vertical, ou seja, manter apenas os idosos isolados

[Bolsonaro diz que falta humildade a Mandetta e afirma que ‘nenhum ministro é indemissível’]
Foto : Isac Nóbrega/PR

Por João Brandão no dia 02 de Abril de 2020 ⋅ 20:17

O presidente Jair Bolsonaro criticou hoje (2) o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, durante entrevista à Rádio Jovem Pan. Bolsonaro disse que responsável pela pasta que cuida do enfrentamento do coronavírus no país está faltando humildade para saber escutá-lo.

“Mandetta já sabe que a gente está se bicando há algum tempo. Não pretendo demiti-lo no meio da guerra. É uma pessoa que em algum momento extrapolou. Tem uma hierarquia entre nós. Sempre respeito todos os ministros. Ele montou o ministério de acordo com sua vontade, espero que ele dê conta do recado. Nenhum ministério é indemissível”, afirmou.

Bolsonaro reforçou que o ministro “precisa ouvir mais um pouco presidente da República”. “Não tem nenhum problema com Guedes. Agora, o Mandetta quer fazer valer a vontade dele. Possa ser que esteja certo”, completou.

Mandetta e Bolsonaro entraram em rota de colisão durante a pandemia do coronavírus no Brasil. O ministro defende o isolamento completo para evitar a propagação do vírus, já o presidente pede o isolamento vertical, ou seja, manter apenas os idosos isolados.

Notícias relacionadas