Política

Bolsonaro diz que medidas de isolamento são 'responsabilidade exclusiva' dos governadores

No entanto, ele voltou a pedir a volta ao trabalho e defendeu o uso da hidroxicloroquina como medicamento no combate à Covid-19

[Bolsonaro diz que medidas de isolamento são 'responsabilidade exclusiva' dos governadores]
Foto : Carolina Antunes/PR

Por Matheus Simoni no dia 09 de Abril de 2020 ⋅ 07:44

Em pronunciamento feito ontem (8), em rede nacional de televisão e rádio, o presidente Jair Bolsonaro disse que é dos governadores a "responsabilidade exclusiva" das medidas de isolamento social motivadas pela pandemia do novo coronavírus. No entanto, ele voltou a pedir a volta ao trabalho e defendeu o uso da hidroxicloroquina como medicamento no combate à Covid-19.

"Fruto de minha conversa direta com o primeiro-ministro da Índia, receberemos até sábado matéria-prima para continuarmos produzindo a hidroxicloroquina, de modo a podermos tratar pacientes da covid-19, bem como malária, lúpus e artrite", afirmou.

Bolsonaro comentou que a orientação da equipe de ministros é de que, "observadas as normas do Ministério da Saúde", deve ser buscada uma rápida solução para o retorno ao trabalho. "Respeito a autonomia dos governadores e prefeitos. Muitas medidas, de forma restritiva ou não, são de responsabilidade exclusiva dos mesmos. O governo federal não foi consultado sobre sua amplitude ou duração", afirmou.
Confira o pronunciamento:

Notícias relacionadas