Política

Bolsonaro diz que por ele Brasil adotaria o isolamento vertical e cita a Suécia como exemplo

Os números não corroboram a insinuação de Bolsonaro, a taxa de mortes por milhão de habitantes na Suécia é de 346,5, cinco vezes maior que a brasileira.

[Bolsonaro diz que por ele Brasil adotaria o isolamento vertical e cita a Suécia como exemplo]
Foto : Isac Nóbrega/PR

Por Luciana Freire no dia 14 de Maio de 2020 ⋅ 20:30

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (14) que, por ele, o Brasil adotaria o isolamento vertical. Ele citou a Suécia como exemplo, mas não mencionou que o país escandinavo tem mais mortes por Covid-19 que os vizinhos, que adotaram o isolamento mais rígido. A informação foi divulgada pelo G1, segundo a reportagem o presidente deu a declaração durante uma reunião com empresários da indústria.

"O governo federal, se depender de nós, está tudo aberto com isolamento vertical e ponto final. Os governadores assumiram cada um a sua responsabilidade, houve uma concorrência entre muitos para ver o que fechava mais", disse Bolsonaro.

"Quem defendia mais a vida do teu eleitor, do cidadão do teu estado em relação aos outros. O governo federal nunca foi óbice. Se depender de mim, quase nada teria sido fechado, a exemplo da Suécia".

A referência do presidente ao país escandinavo que contraria a tendência global de isolamento dá a entender que o governo sueco está sendo bem-sucedido no enfrentamento à pandemia. Os números, entretanto, não corroboram a insinuação de Bolsonaro.

Na comparação com Brasil, a taxa de mortes por milhão de habitantes é de 346,5, cinco vezes maior que a brasileira.

Notícias relacionadas