Política

Congresso avalia adiar eleições municipais para 15 de novembro ou 6 de dezembro, diz Maia

Objetivo é permitir que as eleições ocorram sem riscos relacionados à pandemia do novo coronavírus, e evitar que os atuais mandatos de prefeitos e vereadores sejam prorrogados

[Congresso avalia adiar eleições municipais para 15 de novembro ou 6 de dezembro, diz Maia]
Foto : Najara Araújo/Câmara dos Deputados

Por Luciana Freire no dia 21 de Maio de 2020 ⋅ 18:00

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou hoje (21) que o Congresso Nacional estuda adiar o primeiro turno das eleições municipais deste ano para 15 de novembro ou 6 de dezembro. A informação foi divulgada pelo G1.

O objetivo é permitir que as eleições ocorram sem riscos relacionados à pandemia do novo coronavírus, e evitar que os atuais mandatos de prefeitos e vereadores sejam prorrogados.

"Você tem aí dois períodos que estão sendo discutidos. Seria 15 de novembro ou o primeiro domingo de dezembro para o primeiro turno. E o segundo turno em um período menor para dar tempo de fazer a transição, da prestação de contas. Essas são as ideias", afirmou Maia.

Neste ano, as eleições estão marcadas para 4 de outubro e 25 de outubro, respectivamente.

"Tem que ver se vai ter voto para adiar. A partir do voto para adiar, se discute uma data, tudo em sintonia com o ministro Barroso, que, a partir de segunda, começa a presidir o Tribunal Superior Eleitoral", afirmou o presidente da Câmara.

Notícias relacionadas