Política

Alerj tem maioria para abrir processo de impeachment do governador Wilson Witzel

Decisão de abrir o processo de impeachment é exclusiva do presidente da Casa, André Ceciliano (PT), porém ele submeteu o pedido à votação

[Alerj tem maioria para abrir processo de impeachment do governador Wilson Witzel]
Foto : Reprodução

Por Luciana Freire no dia 10 de Junho de 2020 ⋅ 17:30

Em votação simbólica, a maioria dos deputados da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) deu aval para a abertura de processo de impeachment do governador Wilson Witzel (PSC). São 70 deputados e foram alcançados 36 votos por volta de 16h23 de hoje (10). A informação foi divulgada pelo G1.

A decisão de abrir o processo de impeachment é exclusiva do presidente da Casa, André Ceciliano (PT), porém ele submeteu o pedido à votação.

"Quero tomar uma decisão conjunta e essa decisão não significa um pré-julgamento. A gente precisa dar uma posição pra sociedade. Poderia, monocraticamente, aceitar um desses pedidos, mas quero fazer encaminhamento aqui para que eu possa, como presidente, dar seguimento a um dos processos", afirmou Ceciliano.

A votação não afasta Wilson Witzel do cargo. Ao todo, são 14 pedidos de impedimento contra Witzel.

Notícias relacionadas