Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Em decreto, Bolsonaro permite redução de jornada e salários por mais 30 dias

Flexibilização foi aprovada pelo governo em meio à pandemia

[Em decreto, Bolsonaro permite redução de jornada e salários por mais 30 dias]
Foto : Marcos Corrêa/PR

Por Juliana Rodrigues no dia 14 de Julho de 2020 ⋅ 13:30

O presidente Jair Bolsonaro publicou um decreto que permite a prorrogação do programa de suspensão de contrato de trabalho e de corte de jornada.

A norma editada hoje (14) pelo presidente autoriza empresas e empregados a fazer novas negociações para ampliar o corte de jornada por mais um mês e a suspensão de contrato por mais dois meses. Assim, o prazo máximo para as duas medidas passa a ser de 120 dias.

Em nota, a Secretaria-Geral da Presidência afirma que a extensão do programa "irá permitir que empresas tenham tempo hábil para se reestruturar, preservando, assim, diversos postos de trabalho".

A permissão para o governo flexibilizar as regras trabalhistas na pandemia, como a redução de jornada e de salário, foi aprovada pelo Congresso em junho. Essa possibilidade já estava valendo por Medida Provisória.

Notícias relacionadas