Política

Lava Jato denuncia Wassef por lavagem de dinheiro

Denúncia é um desdobramento da operação E$quema S, que investiga escritórios de advocacia em esquema de tráfico de influência

[Lava Jato denuncia Wassef por lavagem de dinheiro ]
Foto : Reprodução/TV Globo

Por Geovana Oliveira no dia 25 de Setembro de 2020 ⋅ 14:16

A Lava Jato do Rio de Janeiro denunciou hoje (25) o ex-advogado da família Bolsonaro, Frederick Wassef, por peculato e lavagem de dinheiro. Em junho, após a prisão de Fabrício Queiroz em sua casa, Wassef deixou de trabalhar para Flávio Bolsonaro.

A denúncia é um desdobramento da operação E$quema S, que investiga escritórios de advocacia do Rio e de São Paulo em um esquema de tráfico de influência que, segundo o Ministério Público Federal, desviou R$ 151 milhões do Sistema S — que engloba Fecomércio, Sesc e Senac.

Os procuradores encontraram movimentações suspeitas nas contas do escritório de Wassef. Também foram denunciados Orlando Diniz, ex-presidente da Fecomércio-RJ; o empresário Marcelo Cazzo, que teria apresentado Wassef para o grupo; e as advogadas Marcia Carina Castelo Branco Zampiron e Luiza Nagib Eluf.

Notícias relacionadas