Política

'Transformar a vacina em uma disputa política é um crime contra o brasileiro', diz ACM Neto

O prefeito afirmou ainda que o único pré-requisito para disponibilizar uma vacina para a população é sua eficácia comprovada

['Transformar a vacina em uma disputa política é um crime contra o brasileiro', diz ACM Neto]
Foto : Valter Pontes/Secom/PMS

Por Kamille Martinho no dia 21 de Outubro de 2020 ⋅ 11:48

O prefeito de Salvador, ACM Neto, comentou na manhã de hoje (21), durante coletiva de imprensa, sobre o impasse em relação à vacina, travada nos últimos dias entre o presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Doria.

"Como se trata de uma analise muito técnica, não é o presidente, não é o governador de São Paulo, não é o prefeito de Salvador, não é ninguém que tem que dar opinião sobre isso. É um assunto dos cientistas, dos especialistas", comentou. "A questão ideológica tem que ficar em outro canto. Não dá pra gente transformar a questão da vacina em uma disputa política. Seria um crime contra o brasileiro. Inaceitável".

O prefeito afirmou ainda que o único pré-requisito para disponibilizar uma vacina para a população é sua eficácia comprovada, não tendo importância qual país fabricou o imunobiológico. "Se é uma vacina é 100% segura, não interessa de onde ela vem. O que interessa é que temos que disponibiliza-la o mais rápido possível", completou.

Notícias relacionadas