Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Quinta-feira, 11 de abril de 2024

Rádio Metropole

"No Brasil temos uma pena que em tese seria até maior pra ele", comenta professor de direito penal sobre Daniel Alves

Ivan Jezler concedeu entrevista para a Rádio Metropole nesta quinta-feira (22)

"No Brasil temos uma pena que em tese seria até maior pra ele", comenta professor de direito penal sobre Daniel Alves

Foto: Reprodução/Youtube

Por: Metro1 no dia 22 de fevereiro de 2024 às 16:50

Atualizado: no dia 22 de fevereiro de 2024 às 17:33

O professor de Direito Penal Ivan Jezler comentou, em entrevista ao Jornal da Bahia no Ar 2ª Hora nesta quinta-feira (22), o processo do ex-jogador de futebol Daniel Alves, condenado por estupro na Espanha. O ex-lateral direito da seleção brasileira foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão por ter estuprado uma jovem em Barcelona. 

A defesa do brasileiro informou ao jornal espanhol La Vanguardia que vai recorrer da sentença. Ivan Jezler afirmou que apesar da justiça espanhola permitir acudir a outras instâncias é provável que a condenação seja mantida. “O que acontece na Espanha, temos basicamente três instâncias que ele pode ser condenado,ele vai ter possibilidade de interpor mais dois recursos. Acho difícil a tendência é que a pena seja mantida mesmo”.

Segundo Ivan Jezler, caso tivesse sido julgado no Brasil, a pena do ex-jogador para o mesmo crime poderia ser de no mínimo oito anos.  “Aqui no Brasil nós temos uma pena que em tese seria até maior pra ele, mínima de oito anos. Na Espanha recentemente houve uma alteração no codigo penal em que ha o delito de agressão sexual[...] o estupro é uma modalidade mais grave ainda de uma agressão sexual, mas ta ali no mesmo delito”, disse.

Confira a entrevista na íntegra: