Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Quarta-feira, 19 de junho de 2024

Home

/

Notícias

/

Rádio Metropole

/

"Para encerrar um ciclo de violência é necessário que exista algum tipo de perdão entre os envolvidos", diz professor sobre conflito entre Israel e Palestina

Rádio Metropole

"Para encerrar um ciclo de violência é necessário que exista algum tipo de perdão entre os envolvidos", diz professor sobre conflito entre Israel e Palestina

Waldomiro J. Silva Filho concedeu entrevista a Rádio Metropole nesta terça-feira (21)

"Para encerrar um ciclo de violência é necessário que exista algum tipo de perdão entre os envolvidos", diz professor sobre conflito entre Israel e Palestina

Foto: Isabelle Corbacho/Metropress

Por: Metro1 no dia 21 de maio de 2024 às 13:27

Atualizado: no dia 21 de maio de 2024 às 14:06

O professor e escritor Waldomiro J. Silva Filho comentou, nesta terça-feira (21), que para encerrar um ciclo de violência é necessário que exista algum tipo de perdão entre os envolvidos. Para ele, essa seria a forma de resolver conflitos, como o que acontece entre Israel e Palestina.

“O perdão como a gente tem discutido tem haver com a experiência humana, quem produz crueldade sempre é pelas melhores razões porque acham que seus ideais são maravilhosos e justificam um ato de violência”, disse em entrevista ao Jornal da da Metropole no Ar. 

“O perdão significa que está se criando um marco na história é algo que, por exemplo, acho difícil acontecer entre os palestinos e judeus. Infelizmente só há um modo para aquela desgraça terminar, quando houver algum tipo de perdão. Sem o ato de perdão vai ser impossível pensar em qualquer horizonte em que uma criança palestina possa viver sem ameaça de receber uma bomba na cabeça”, acrescentou.

Ainda em entrevista, Waldomiro se mostrou otimista quanto à capacidade humana de perdoar. “Se não fosse um dispositivo que temos chamado empatia a gente não teria chegado até aqui. Quando a gente pensa com um pouco mais de calma sobre o mal, quando pensa na possibilidade da violência como um projeto, como algo intencionalmente pensado, estamos nos aproximando do humano. A violência é algo que pode ser desejado inclusive pelos bons quem foi vítima da violência tenha cuidado para não se tornar monstro também”, disse.  

Confira a entrevista na íntegra: