Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Saúde

São Paulo manda mais de 18 toneladas de oxigênio para Manaus

Iniciativa ocorreu após governo afirmar que não tinha transporte para mandar o material

[São Paulo manda mais de 18 toneladas de oxigênio para Manaus]
Foto : DPA/Picture Alliance

Por Adele Robichez no dia 15 de Janeiro de 2021 ⋅ 19:30

A cidade de Guarulhos, em São Paulo, enviou, no início da madrugada de hoje (15), dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) com cilindros de oxigênio a Manaus. A iniciativa ocorreu após o governo afirmar que não tinha transporte para mandar o material.

O sistema de saúde do estado do Amazonas entrou no auge do colapso na última quarta-feira (14),  após a lotação de leitos para o tratamento da Covid-19 nos hospitais e a falta de oxigênio. Pacientes amazonenses passaram a ser transferidos para outros estados para receber atendimento.

Foram transportados pela FAB 386 cilindros de oxigênio, com mais de 18 toneladas.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, havia afirmado anteriormente que "a ponte aérea de oxigênio está impactada porque nós [o governo] não temos os cargueiros específicos da FAB pra fazer isso". Ele informou que estava "manobrando" pra tentar reverter o quadro.

Notícias relacionadas