Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Saúde

Brasil ultrapassa 1 milhão de vacinados contra a Covid-19, diz levantamento

Bahia permanece em terceiro lugar no ranking da vacinação, com 17.734 doses aplicadas

[Brasil ultrapassa 1 milhão de vacinados contra a Covid-19, diz levantamento]
Foto : Fernando Frazão/Agência Brasil

Por Adele Robichez no dia 28 de Janeiro de 2021 ⋅ 09:00

Um levantamento do consórcio de veículos de imprensa divulgado na noite de ontem (27) mostra que foram vacinados 1.248.821 brasileiros em 22 estados (com o Distrito Federal). Os outros estados não informaram dados consolidados.

Fizeram parte da pesquisa: Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e São Paulo. Não divulgaram os dados: Amazonas, Goiás, Mato Grosso, Rondônia e Tocantins.

O número total de pessoas imunizadas até a data do estudo equivale a 0,59% da população brasileira; 0,78% acima de 18 anos.

Dentre os estados analisados pela pesquisa, o que mais vacinou foi o de São Paulo (234.830 pessoas). Isso significa que 0,51% dos paulistas receberam a primeira dose do imunizante contra o coronavírus. Em segundo lugar no ranking, está o Rio de Janeiro, que vacinou 151.309 pessoas (0,87% da população), seguido da Bahia, que aplicou a primeira dose em 117.734 baianos (0,79% dos habitantes).

O local que vacinou a maior parte da sua população, porém, foi o Distrito Federal. Lá, foram aplicadas 33.317 vacinas, ou seja, 1,09% da população as recebeu. Em segundo lugar em proporção, está o Rio Grande do Sul, que vacinou 0,96% da sua população: 109.579 pessoas. Logo após, estão o Rio de Janeiro e o Paraná, com 99.973 habitantes que receberam o imunizante, o que corresponde a 0,87% do total em ambos os estados.

Os dados levados em consideração foram a quantidade de doses divulgada pelos governos estaduais; vacinas disponíveis informadas pelo Ministério da Saúde; e estimativas populacionais do Índice Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Notícias relacionadas