Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Saúde

Sem eficácia para Covid-19, venda de cloroquina dobra e de ivermectina quintuplica em 2020

Estudos científicos no Brasil e no mundo não identificaram justificativas para o uso dos medicamentos para combater o coronavírus

[Sem eficácia para Covid-19, venda de cloroquina dobra e de ivermectina quintuplica em 2020]
Foto : Carolina Antunes/PR

Por Adele Robichez no dia 04 de Fevereiro de 2021 ⋅ 10:40

A venda da hidroxicloroquina, remédio sem eficácia comprovada para o tratamento do coronavírus, passou de 963 mil em 2019 para 2 milhões de unidades em 2020, ou seja, aumentou mais do que o dobro. A ivermectina passou de 8 milhões para quase 54 milhões, então, mais do que quintuplicou. A informação foi obtida pelo portal G1 junto ao Conselho Federal de Farmácia (CFF).

Um suposto "tratamento precoce", chamado de kit covid, com remédios como hidroxicloroquina, ivermetctina e nitazoxanida, endosado pelo governo Bolsonaro, é prescrito por médicos, apesar de estudos científicos no Brasil e no mundo não identificarem justificativas para o uso dos medicamentos para combater a Covid-19.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) já chegou a divulgar a ineficácia da estratégia que utiliza os medicamentos fora da indicação prevista em bula.

Notícias relacionadas