Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Saúde

Estudo preliminar indica eficácia da Coronavac contra variante originada em Manaus

Pesquisa foi feita com o soro de pessoas vacinadas e foi analisada a capacidade do imunizante de neutralizar o vírus nos seus anticorpos

[Estudo preliminar indica eficácia da Coronavac contra variante originada em Manaus]
Foto : Agência Brasil

Por Adele Robichez no dia 09 de Março de 2021 ⋅ 11:20

Um estudo feito no Brasil indicou que a Coronavac, vacina desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, é eficaz contra a variante da Covid-19 surgida em Manaus. A cepa denominada de P.1 já foi encontrada em 17 estados. A informação é da agência Reuters e do jornal Estadão.

A pesquisa foi feita com o soro de pessoas vacinadas e foi analisada a capacidade do imunizante de neutralizar o vírus nos seus anticorpos. Ela ainda é preliminar e ainda não foi publicada.

O que também pode apontar o funcionamento da vacina no combate à mutação é a redução de casos graves em idosos do país, mesmo em meio à sua disseminação. Em São Paulo, por exemplo, um mês após a aplicação da vacina chinesa em idosos com mais de 90 anos, foram reduzidas em 70% as mortes pela doença dentro desta faixa etária.

Um estudo publicado ontem (8) em um artigo na revista "The New England Journal of Medicine" também indicou que a vacina da Pfizer/BioNTech é eficaz contra a variante brasileira.

Notícias relacionadas