Saúde

Brasil é o país com maior registro de depressão da América Latina, diz OMS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou nesta quinta-feira (23) que o Brasil é o país com a maior taxa de pessoas com depressão da América Latina, em uma média que supera os índices mundiais. De acordo com os dados, no Brasil, 5,8% da população nacional é afetada pela depressão. [Leia mais...]

[Brasil é o país com maior registro de depressão da América Latina, diz OMS]
Foto : Agência Brasil

Por Yasmin Garrido no dia 23 de Fevereiro de 2017 ⋅ 11:48

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou nesta quinta-feira (23) que o Brasil é o país com a maior taxa de pessoas com depressão da América Latina, em uma média que supera os índices mundiais. De acordo com os dados, no Brasil, 5,8% da população nacional é afetada pela depressão. A taxa média supera Cuba (5,5%), Paraguai (5,2%), além de Chile e Uruguai, ambos com 5%.

A OMS destacou ainda que 332 milhões de pessoas ao redor do mundo sofrem de depressão, um aumento de 18% em dez anos, o que representa 4,4% da população do planeta. Desse número, cerca de 50% dos registros são encontrados na Ásia. Da população mundial, 5,1% das pessoas afetadas pela depressão são mulheres. Já entre os homens, a taxa é de 3,6%.

De acordo com a OMS, a depressão é a principal causa do suicídio, cerca de 800 mil casos registrados por ano. Além da depressão, segundo a organização, o Brasil lidera o ranking de pessoas que sofrem de transtorno de ansiedade na América Latina. A taxa brasileira de 9,3% da população afetada é três vezes superior à média mundial.

Notícias relacionadas