Saúde

'Começa em casa', diz pesquisadora da Ufba sobre reeducação alimentar de jovens

Nutricionista falou sobre os resultados de pesquisa que apontou que adolescentes de faixas carentes estão mais obesos

['Começa em casa', diz pesquisadora da Ufba sobre reeducação alimentar de jovens]
Foto : Reprodução

Por Juliana Almirante no dia 16 de Julho de 2019 ⋅ 12:03

A pesquisadora e nutricionista da escola de nutrição da Universidade Federal da Bahia (Ufba) Júlia Uzêda afirmou, em entrevista à Rádio Metrópole hoje (16), que é necessário mudar os hábitos familiares de alimentação para melhorar as condições de nutrição de crianças e adolescentes. 

Ela falou sobre os resultados da pesquisa em parceria com o Centro de Integração de Dados e Conhecimentos para Saúde (Cidacs/Fiocruz Bahia), que apontou que adolescentes de faixas carentes estão mais obesos. Para chegar à conclusão, o estudo analisou dados da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar feita pelo IBGE, desde 2009.

"Sem duvida, é necessário que ocorra a modificação de toda a família. Não adianta a gente querer que nosso filho coma fruta e verdura, se em casa a gente toma refrigerante e come salgadinho", aponta a nutricionista. 

Júlia explica o conceito de "dupla carga de má nutrição",  que acontece principalmente em países em desenvolvimento, como o Brasil.  "Dupla carga de má nutrição é quando o indivíduo apresenta desnutrição - na nossa pesquisa usamos como indicador a baixa estatura - e o excesso de peso", define.

A pesquisadora destaca que, atualmente, a alimentação das pessoas é sustentada em alimentos ultra processados, encontrados facilmente nos mercados, ricos em açúcar simples e gorduras saturadas. 

"A gente chama de ambiente 'obesogênico', que é propenso para ele se tornar obeso, principalmente associado à má alimentação", justifica. 

Ela defende que os alimentos comprados já prontos para o consumo sejam trocados por aqueles "in natura".

"Começa em casa, mudando os hábitos de todo mundo. Procurar um nutricionista é de grande importância. Preferir alimentos em sua forma natural. Evitar alimentos processados e que tem açúcar, como refrigerantes e sucos de caixinha já prontos", disse. 

Notícias relacionadas