Saúde

Mudanças climáticas já prejudicam saúde das crianças, diz relatório

Criança nascida hoje enfrentará um planeta 4° C mais quente até seus 71 anos

[Mudanças climáticas já prejudicam saúde das crianças, diz relatório]
Foto : Pixabay

Por Catarina Lopes no dia 19 de Novembro de 2019 ⋅ 16:20

As mudanças climáticas já têm impacto na saúde de crianças de todo o mundo, podendo prejudicar ainda mais seu bem estar ao longo da vida. As informações são do relatório internacional Lancelet Countdown 2019, lançado ontem (19) no Brasil. Se o padrão de emissões de carbono e mudanças climáticas continuar, uma criança nascida hoje irá viver em um planeta 4° C mais quente até seus 71 anos.

“Longas secas, chuvas excessivas e incêndios não controlados estão agravando os efeitos sobre a saúde. Impulsionado em parte pelas mudanças climáticas, o crescimento contínuo da dengue pode tornar-se incontrolável em breve - a incidência triplicou desde 2014. Lamentavelmente, o desmatamento de florestas maduras está aumentando novamente, assim como o uso de carvão. Não podemos desperdiçar o histórico de sucesso conquistado com tanto esforço”, disse uma das autoras do relatório no Brasil, a médica Mayara Floss.

Notícias relacionadas