Saúde

Ministério da Saúde descarta suspeita de caso de coronavírus no Brasil

Segundo a pasta as notificações não se enquadram nos critérios estabelecidos pela OMS para diagnosticar a doença

[Ministério da Saúde descarta suspeita de caso de coronavírus no Brasil]
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Luciana Freire no dia 23 de Janeiro de 2020 ⋅ 15:00

O Ministério da Saúde disse hoje (23) que já descartou a suspeita de casos de coronavírus em cinco unidades da federação. De acordo com a pasta, as notificações à rede Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs) feitas pelas secretarias de Saúde do Distrito Federal, Minas Gerais, Santa Catarina, São Paulo e Rio Grande do Sul não se enquadram nos critérios para diagnosticar a doença, estabelecidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

O secretário substituto de Vigilância em Saúde, Júlio Croda, explicou hoje a jornalistas que o ministério vem acompanhando a situação mundial desde 31 de dezembro, quando o primeiro caso de infecção pelo novo coronavírus foi oficialmente registrado na China. De acordo com o secretário, o Brasil está preparado para lidar com uma eventual epidemia da doença.

“A Organização Mundial da Saúde estabeleceu dois critérios [para atestar a presença do coronavírus no organismo]. Um clínico: a pessoa precisa ter febre e mais algum sintoma respiratório. E temos os critérios epidemiológicos, que são três: ter viajado para Wuhan, na China; ter tido contato com algum paciente suspeito de coronavírus ou com algum paciente com [a doença] já confirmada. São estas as situações em que uma pessoa pode ser enquadrada em um caso suspeito.”, explicou o secretário.

Notícias relacionadas