Saúde

Governo destina R$ 5 milhões para segunda fase da pesquisa com nitazoxanida

Medicamento começou a ser testado em pessoas no mês passado, após ter apresentado 94% de eficácia em ensaios in vitro

[Governo destina R$ 5 milhões para segunda fase da pesquisa com nitazoxanida]
Foto :José Cruz/Agência Brasil

Por Luciana Freire no dia 19 de Maio de 2020 ⋅ 20:30

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações informou hoje (19) que vai destinar R$ 5 milhões para a segunda fase da pesquisa com a nitazoxanida, para avaliar a eficácia desse antiparasitário em pacientes com sintomas leves da Covid-19. A informação foi divulgada pela Agência Brasil.

O medicamento começou a ser testado em pessoas no mês passado, após ter apresentado 94% de eficácia em ensaios in vitro na redução da carga viral em células infectadas pelo novo coronavírus.

A droga é de baixo custo, tem poucos efeitos colaterais. Por segurança e para evitar uma corrida às farmácias, está classificado como remédio controlado.

“No momento que tivermos os resultados vamos ter certeza se funciona ou não [para covid-19]. A probabilidade maior é que funcione, dado o histórico da pesquisa. Mas é importante ter o resultado porque ele segue um protocolo científico”, explicou o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes.

Notícias relacionadas

[Coronavírus: OMS suspende teste com hidroxicloroquina]
Saúde

Coronavírus: OMS suspende teste com hidroxicloroquina

Por Kamille Martinho no dia 25 de Maio de 2020 ⋅ 13:22 em Saúde

A decisão foi anunciada pelo diretor-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus, depois da revista The Lancet publicar um estudo sobre os riscos do remédio