Saúde

'Quem não estiver mais ansioso, não entendeu o que está acontecendo', diz terapeuta sobre quarentena

Alexandre Coimbra Amaral fala sobre "Cartas de um terapeuta para seus momentos de crise", livro escrito por ele para lidar com saudade, tristeza, medo e esperança

['Quem não estiver mais ansioso, não entendeu o que está acontecendo', diz terapeuta sobre quarentena]
Foto :

Por Matheus Simoni no dia 30 de Setembro de 2020 ⋅ 10:28

O escritor, psicólogo e terapeuta familiar Alexandre Coimbra Amaral comentou o lançamento do livro "Cartas de um terapeuta para seus momentos de crise", onde ele imagina o que sentimentos humanos como a culpa, a raiva e a saudade escreveriam para as pessoas. Em entrevista a Mário Kertész hoje (30), durante o Jornal da Bahia no Ar da Rádio Metrópole, ele comentou como a mudança de perspectiva ajuda a viabilizar que homens e mulheres possam expor seus sentimentos sem um julgamento da sociedade.

"A gente não controla quando os sentimentos aparecem, mas a gente lida como a gente pode ficar e pode fazer depois que aparece o medo, a tristeza, ainda mais numa cultura que fala de tantos sentimentos que não deveria sentir. Para os homens, a gente fala que não deveriam sentir tristeza e, para as mulheres, elas não podem ter sentimento de raiva. Por aí vai. O livro tem esse desejo de conversar com os sentimentos humanos e liberar geral para todo mundo poder sentir e expressar o que passa no coração", declarou.

Questionado sobre como a pandemia mudou a forma de se relacionar do ser humano, Alexandre afirmou que o período de quarentena deve impactar por muito tempo nas relações interpessoais. "Não é na hora da vacina que as pessoas vão imediatamente voltar a abraçar as pessoas e se sentir abertas a reencontrar o humano. Para mim, é uma das consequências que a gente vai ter que lidar. A outra é quão mais ansiosos a gente estará para conviver. A pandemia aumentou enormemente o índice de ansiedade de todos nós. Quem não estiver um pouquinho mais ansioso durante a pandemia, não entendeu o que está acontecendo", avaliou o psicólogo. 

Clique aqui e confira mais detalhes sobre o livro. 

Notícias relacionadas