Turismo

Nunca houve melhor momento para explorar a Bahia, aponta guia Lonely Planet para 2018

Que a Bahia é um dos melhores lugares do mundo para viajar a gente sabe, né? Mas quando alguém de fora diz a gente abre os dentes e fica todo orgulhoso. O Lonely Planet, um dos mais conhecidos guias de viagem, incluiu o estado na sua lista de melhores regiões para serem explorados em 2018. Em 9ª posição, a Bahia é o único destino brasileiro na lista. Confira o ranking da categoria: 1º Belfast e Calçada dos Gigantes, Irlanda do Norte; 2º Alaska, EUA; 3º Alpes Julianos, Eslovênia; 4º Languedoque-Rossilhão, França; 5º Kii Peninsula, Japão; 6º Ilhas Eólias, Itália; 7º Sul dos EUA; 8º Lahaul e Spiti, Índia; 10º  Parque Nacional Los Haitises, República Dominicana. 

[Imagem not found]
Foto : NaBahia

Por NaBahia no dia 25 de Outubro de 2017 ⋅ 11:18

Que a Bahia é um dos melhores lugares do mundo para viajar a gente sabe, né? Mas quando alguém de fora diz isso a gente abre os dentes e fica todo orgulhoso. O Lonely Planet, um dos mais respeitados guias de viagem, incluiu o estado na sua lista de melhores regiões para serem explorados em 2018. Em 9ª posição, a Bahia é o único destino brasileiro na lista. Confira o ranking da categoria: 1º Belfast e Calçada dos Gigantes, Irlanda do Norte; 2º Alaska, EUA; 3º Alpes Julianos, Eslovênia; 4º Languedoque-Rossilhão, França; 5º Kii Peninsula, Japão; 6º Ilhas Eólias, Itália; 7º Sul dos EUA; 8º Lahaul e Spiti, Índia; 10º  Parque Nacional Los Haitises, República Dominicana. 

Paraíso na Costa do Cacau: destino a ser explorado
(Foto: Jota Freitas / Bahiatursa)

 

E quer saber exatamente o que os gringos disseram sobre o nosso estado? Leia abaixo:

"Bahia sempre teve um fator "uau". Localizada no Nordeste do Brasil, é um paraíso tropical de praias de areia branca e água azul transparente, ilhas cercadas por recifes de corais, fazendas de cacau e o Parque Nacional da Chapada Diamantina, famoso por suas cachoeiras. Mas toda a âmbiência natural que cerca a Bahia de repente ficou mais acessível aos turistas, graças à restauração de Salvador - cidade colonial portuguesa que também é a capital do Estado -, depois que foi escolhida como cidade-sede da Copa do Mundo FIFA 2014. Nunca houve um melhor momento, ou um tempo mais fácil, para explorar o local de nascimento da cultura afro-brasileira".

Festa da Boa Morte, em Cachoeira, é uma das formas de entrar em contato com a cultura afro-brasileira
(Foto: Tatiana Azeviche/Setur/Divulgação) 

Notícias relacionadas