Turismo

Sinta a vibração das cores de Carybé no Porto da Barra

O legado artístico do mestre, atuante em tantas áreas, pode ser revivido numa passagem por Salvador através do Espaço Carybé de Artes, implantado no Forte de São Diogo, no Porto da Barra.

[Imagem not found]
Foto : NaBahia

Por NaBahia no dia 15 de Dezembro de 2017 ⋅ 07:16

Ao colocar os pés na Bahia, na década de 1950, o pintor argentino Carybé (1911-1997) soube que ali fixaria raízes e escolheu o estado como seu lar. O legado artístico do mestre, atuante em tantas áreas, pode ser revivido numa passagem por Salvador através do Espaço Carybé de Artes, implantado no Forte de São Diogo, no Porto da Barra.

Bem pertinho do Espaço Pierre Verger da Fotografia Baiana (logo ali no Forte de Santa Maria), o espaço é uma boa pedida para quem adora uma empreitada cultural. As entradas custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meias). Às quartas, é gratuita. Vale lembrar que o mesmo ingresso dá direito a visitar os dois espaços. Como são vizinhos, emende o passeio curtinho na orla e viva um dia explorando os trabalhos de figuras que trataram da Bahia.

(Crédito: Bruno Concha / Secom / Divulgação)

 

A exposição é interativa, abrindo um universo de conhecimento para a vibrante e colorida obra de Carybé. Através de recursos de mídia digital, óculos de realidade virtual e sensores eletrônicos, os visitantes podem conhecer de perto o estúdio e a casa do artista que atuou como gravador, desenhista, ilustrador, mosaicista, ceramista, entalhador e muralista. Nos totens, explore as ilustrações produzidas para livros.

(Crédito: Espaço Carybé de Artes / Divulgação)

 

O lugar se transformou num centro tecnológico para mergulhar na obra de Hector Julio Páride Bernabó, que em 1957 naturalizou-se brasileiro. Com curadoria de Solange Bernabó, filha do artista, o espaço apresenta desde técnicas e materiais que ele utilizava até desenhos, quadros a óleo, murais, pinturas, além de figurinos e cenografias. Um desenho assinado por ele ganhou forma em avatar, movimentando-se a partir da interação com os visitantes. A partir das 17h30, projeções tomam toda a área externa do Forte de São Diogo, enchendo de cores as noites no Porto da Barra. 

(Crédito: Espaço Carybé de Artes / Divulgação)

 

O pintor foi grande amigo de duas figuras fundamentais no desenrolar da projeção das expressões culturais da Bahia: o cantor e compositor Dorival Caymmi e o escritor Jorge Amado. Juntos, os três foram responsáveis por apresentar traços das expressões culturais de regiões da Bahia, com sua culinária, religiosidade e modo de vida para o resto do país, com reconhecimento internacional.

 

Se ligue!

Rua Forte de São Diogo, s/nº - Porto da Barra / (71) 3264-7262
Quarta a segunda, das 11h às 19h / R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), às quartas a entrada é gratuita


Preços e serviços apurados em dezembro de 2017

Notícias relacionadas