Turismo

Coloque no roteiro Itaitu, vila cheia de charme numa região da Chapada ainda a ser descoberta

Coloque no roteiro Itaitu, vila cheia de charme numa região da Chapada ainda a ser descoberta

[Imagem not found]
Foto : NaBahia

Por NaBahia no dia 19 de Dezembro de 2017 ⋅ 07:17

Apesar de bastante conhecida, a Chapada Diamantina é um destino que ainda tem muito a ser descoberto. A riqueza da região vai muito além das cidades que já entraram na rota do turismo nacional e tem muitos tesouros guardados. A vila de Itaitu, a cerca de 350 km de Salvador, é um deles. O distrito fica a 22 km de Jacobina e é um dos destaques do Circuito Chapada Norte pelo potencial ecoturístico. 

Pracinha no melhor estilo cidade do interior
(Foto: Vanessa Aragão/Divulgação)

 

Por lá, você não encontrará o fluxo de turistas que enchem as ruas e trilhas de Lençóis, por exemplo. Cachoeiras, poços, riachos, rios, mirantes, trilhas e vegetação bastante preservada são frequentados por quem é da região mesmo. No Booking, a vila tem apenas uma pousada para acomodar quem quer sossego e contato com a natureza e gosta daquele friozinho que chega com o cair da tarde e se prolonga madrugada afora. Igreja, pracinha e alguns restaurantes caseiros compõem o pacote de autêntica “cidade do interior”, com moradores nas portas, no fim do dia. 

A natureza encanta em Itaitu
(Foto: Vanessa Aragão/Divulgação)

 

A cachoeira Véu de Noiva é de longe a mais famosa atração da região. O acesso é por meio de uma estrada de terra batida, que pode ser percorrida sem dificuldade com carro pequeno. A partir de um ponto sinalizado o trajeto deve ser percorrido a pé. Aí o visitante tem que escolher se prefere a trilha que vai por cima ou a que vai por baixo. Ambas são largas, com uma bela paisagem de vales no entorno, mas têm como diferencial o grau de dificuldade. 

Cachoeira Véu de Noiva: banho gelado e revigorante depois da trilha
(Foto: Reprodução/TripAdvisor)

 

A trilha por baixo é mais fácil de ser percorrida: 30 minutos de caminhada leve têm como prêmio um excelente poço para banho gelado e revigorante! A opção por cima tem dificuldade média, com subidas que não são indicadas para crianças e idosos. A parte de cima da cachoeira é bastante usada por quem gosta de acampar e por quem curte esporte radical, como rapel. 

Pousada de Itaitu: opção de hospedagem na vila
(Foto: Vanessa Aragão/Divulgação)

 

Tendo Itaitu como ponto de partida, outras opções de passeios na região são as cachoeiras de Piancó, Serpente, Esplendor do Sol, Talhadeira e Flores, e suas respectivas trilhas. A maioria dos turistas chega à vila de carro, mas também existe ônibus de linha no melhor estilo “para-para”, partindo de Jacobina, com empresa Hila Transportes. Os horários de ida a Itaitu de segunda a sábado, são às 6h30 e 7h30, retornando uma hora e meia após o horário de partida, e às 15h, retornando apenas no dia seguinte pela manhã. Aos domingos, os ônibus saem às 8h e retornam a Jacobina às 17h. 

Se ligue!
Pousada de Itaitu, acomodações privativas com cozinha compartilhada, wifi e aluguel de bicicletas
 

Notícias relacionadas