Turismo

Conheça São Tomé de Paripe, o Caribe do Subúrbio soteropolitano

Infelizmente, em São Tomé de Paripe, no Subúrbio de Salvador, só vai quem tem negócio. A praia é muito frequentada por quem mora na região ou por quem está de passagem para pegar um dos barquinhos que levam às ilhas da Baía de Todos os Santos. Um desperdício! Afinal, o mar é tranquilo e a água cristalina. Só uma cerca separa São Tomé da praia dos presidentes, como ficou conhecida a vizinha Inema, área militar de acesso restrito, famosa por ser lugar de veraneio dos presidentes. 

[Imagem not found]
Foto : NaBahia

Por NaBahia no dia 05 de Setembro de 2018 ⋅ 08:33

Infelizmente, em São Tomé de Paripe, no Subúrbio de Salvador, só vai quem tem negócio. A praia é muito frequentada por quem mora na região ou por quem está de passagem para pegar um dos barquinhos que levam às ilhas da Baía de Todos os Santos. 

O Caribe do Subúrbio: água azul e transparente
(Foto: Reprodução/Instagram saotomedeparipe.oficial)


Muito soteropolitano nunca foi pro lado de lá, só ouve falar em São Tomé. Seja local ou turista explorador, vá e se delicie. Se quiser paz, escolha um dia da semana, pois no fim de semana a galera desce direitinho e é difícil encontrar um espaço na areia.Um desperdício! Afinal, o mar é tranquilo e a água cristalina. Só uma cerca separa São Tomé da praia dos presidentes, como ficou conhecida a vizinha Inema, área militar de acesso restrito, famosa por ser lugar de veraneio dos presidentes.

Barquinhos na beira da praia: transporte para as ilhas da baía
(Foto: Reprodução/Instagram erickrabellos)

 

A praia não tem barracas, mas dá para alugar cadeiras e sombreiros de boa. Atravessando a rua, você encontra restaurantes e bares especializados em fruto do mar. Na calçada, a sombra de árvores frondosas torna o passeio ainda mais agradável. 

Para muito soteropolitano chegar em São Tomé é uma coisa de outro mundo. É um pouco distante das regiões mais centrais da cidade, mas é super fácil. Uma das opções é percorrer toda a extensão da Avenida Afrânio Peixoto. Se os aplicativos te indicarem esse caminho, deixe pra lá. O melhor caminho é ir por fora, pegar a saída da cidade para a BR-324 e depois a BA 528, conhecida como estrada do Derba.

Sombra boa na orla de São Tomé de Paripe
(Foto: Reprodução/Instagram fabriciocostabr)

 

São aproximadamente 22 km. O caminho é tranquilo, bem sinalizado, com vários redutores de velocidade, pois a estrada corta bairros do subúrbio como Fazenda Coutos e Vista Alegre. É só seguir até a Base Naval. Da saída da cidade, com a velocidade permitida, você levará aproximadamente 30 minutos. 

Como há poucas vagas de estacionamento gratuito em São Tomé de Paripe, é bom chegar cedo se quiser economizar esse trocado. Mas existem diversos estacionamentos com diária de aproximadamente R$ 15. Se chorar um pouco, provavelmente você vai conseguir pagar R$ 10. Quem não tem carro, não tem do que reclamar, pois Base Naval é fim de linha de vários ônibus. A viagem só vai demorar bem mais. Outra opção é ir de trem: a gente contou tudo aqui
 

Notícias relacionadas