Turismo

Secretário de Turismo defende PPP para requalificação dos parques de Pituaçu e Abaeté 

De acordo com Fausto Franco, projeto conjunto com a Sema deve ser desenvolvido no próximo ano, para resgatar os espaços públicos

[Secretário de Turismo defende PPP para requalificação dos parques de Pituaçu e Abaeté ]
Foto : Matheus Simoni/Metropress

Por Juliana Almirante no dia 23 de Dezembro de 2019 ⋅ 10:57

O secretário de Turismo do Estado, Fausto Franco, defendeu hoje (23), em entrevista à Rádio Metrópole, que os parques de Pituaçu e do Abaeté sejam requalificados por meio de ParceriaS Público Privada (PPPs). 

Ele explica que os dois espaços estão sob o "guarda-chuva" da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), comandada pelo secretário João Carlos Oliveira. Fausto diz que uma reunião com o representante da pasta já havia sido agendada na semana da crise do óleo que atingiu o litoral nordestino, mas precisou ser adiada. No entanto, já há previsão de um novo encontro para discutir um projeto de resgate dos parques. 

"A gente se comprometeu que, na segunda semana de janeiro, vamos fazer uma visita técnica a ambos esses parques, para fazermos juntos um projeto com cunho turístico e ecológico de resgate desse dois grandes patrimônios na nossa capital. Eu acredito muito em Parcerias Público Privada (PPPs) e acho que temos que fazer uma provocação com o empresariado, para que a gente possa colocar isso na mão de algum órgão privado que tome conta disso aí", disse. 

O secretário também falou sobre o Observatório do Turismo, site lançado na semana passada para expor dados do setor no estado. Segundo ele, o turismo teve um crescimento de 4% neste ano, com quase 16 milhões de visitantes. 

"A gente agora consegue de fato ter o tamanho do nosso turismo e consegue ser mais assertivo nas nossas campanhas. Está no observatório que praticamente metade dos turistas vêm do proprio estado. A gente consegue ter mais previsibilidade a partir dessas informações", afirma. 

Fausto também disse que, em 2020, a pasta de Turismo fará um levantamento do comportamento dos visitantes que o estado recebe, para planejar melhor as ações da secretaria. 

"Além disso, a gente vai ter no proximo ano uma grande pesquisa de fluxo turístico. Porque, desde 2012, não temos pesquisa para ter esse cenário para saber quanto esse turista gasta, o que ele vê e não vê na Bahia. Porque sem dado a gente não consegue ter assertividade", considera.

Notícias relacionadas

[Igreja do Passo terá sino restaurado por empresa privada]
Turismo

Igreja do Passo terá sino restaurado por empresa privada

Por Metro1 no dia 13 de Fevereiro de 2020 ⋅ 15:39 em Turismo

A igreja ficou famosa por ter aparecido no filme O Pagador de Promessas. O evento comemorativo da restauração será uma missa, celebrada no dia 16 fevereiro, às 10h