Turismo

Turismo baiano tem prejuízo de R$ 4,07 bilhões desde o início da pandemia de Covid-19

Bahia representa o maior número em perda do Nordeste, ficando atrás apenas de Pernambuco (R$ 2,52 bilhões) e do Ceará (R$ 1,88 bilhões)

[Turismo baiano tem prejuízo de R$ 4,07 bilhões desde o início da pandemia de Covid-19]
Foto : Matheus Simoni/ Metropress

Por Luciana Freire no dia 11 de Junho de 2020 ⋅ 12:40

Desde março deste ano, quando teve início a pandemia do novo coronavírus, o setor do Turismo na Bahia registrou uma perda de R$ 4,07 bilhões. A informação foi divulgada ontem (10) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

A Bahia representa o maior número em perda do Nordeste, ficando atrás apenas de Pernambuco (R$ 2,52 bilhões) e do Ceará (R$ 1,88 bilhões).

“É importante lembrar que o turismo foi o primeiro setor atingido pela pandemia e será o último a retornar ao normal. Para se ter uma ideia da importância do turismo para a Bahia, municípios como Mata de São João e Porto Seguro têm quase 80% do PIB creditado à atividade turística. Somente algo em torno de 5% dos hotéis do Estado encontram-se abertos e com uma ocupação pífia de 10%”, afirma a coordenadora da Câmara Empresarial do Turismo da Fecomércio-BA Avani Duran.

Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o setor também teve impacto na geração de emprego, com a perda na receita. Há um potencial de eliminação de 727,8 mil postos de trabalho no setor até o final de junho, em todo o país.

Notícias relacionadas