Vida Alheia

Paulo Betti é acusado de racismo por Milton Gonçalves e outros atores negros

A polêmica se deu em um grupo de WhatsApp, em meio à disputa da presidência do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado do Rio de Janeiro

[Paulo Betti é acusado de racismo por Milton Gonçalves e outros atores negros]
Foto : Divulgação

Por Metro1 no dia 17 de Junho de 2019 ⋅ 14:50

Paulo Betti está sendo processado, sob acusação de racismo, pelos colegas Milton Gonçalves, Cosme dos Santos e Jorge Coutinho. A declaração considerada injuriosa se deu em um grupo de WhatsApp, em meio a disputa pela presidência do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado do Rio de Janeiro.

No último dia 16 de abril, Betti enviou no grupo “Profissão Artistas” a seguinte mensagem: “A atual diretoria do sindicato está lá há muito tempo e tem uma forte representação negra com Jorge Coutinho e o grande Milton Gonçalves, além do querido Cosme, isso complica bastante a luta, pois pode confundir as coisas”.

Milton alega que as falas de Betti, que concorre em chapa diferente da sua, possuem “insinuações evidentemente maledicentes”. Segundo determinação do juiz Daniel Werneck Cotta, da 33ª Vara Criminal do Rio, o ator tem 15 dias para apresentar sua defesa. Caso seja condenado, Paulo pode pegar de um a três anos de prisão, além de multa.

Notícias relacionadas