Vida Alheia

Bruna Marquezine perde paciência com fãs e ameaça deixar o Twitter: 'Briguem. Mas eu estou fora'

A atriz não suporta mais os desentendimentos e trocas de agressões entre seus fã-clubes digitais

[Bruna Marquezine perde paciência com fãs e ameaça deixar o Twitter: 'Briguem. Mas eu estou fora']
Foto : Divulgação

Por Metro1 no dia 24 de Junho de 2020 ⋅ 10:10

Bruna Marquezine está perdendo a paciência para as redes sociais e até ameaçou cancelar sua conta no Twitter após discussões entre fã-clubes dedicados a ela. “Não vou me envolver em desentendimentos de vocês e não separo vocês em grupos. Sigo as páginas que mais me identifico por conta da interação leve, bem humorada e sem idolatria, sigo as páginas que postam conteúdos que tenho mais interesse em ver, as que sabem acompanhar e dar apoio sem cruzar limites, sem exigências e sem projetar suas vontades próprias", disse. 

A atriz continuou: "O que não quer dizer que não goste das páginas e/ou pessoas que não sigo. Muito pelo contrário. Tento retribuir todo o carinho e apoio que recebo de todos e estar aberta a trocas mais reais com todos. E adoraria que parassem de vez com brigas desnecessárias e ofensas cruéis entre vocês. Isso só me afasta daqui”.

Ela aproveitou a situação para criticar a postura de fãs que ainda por cima envolvem nomes de familiares e amigos nas brigas. Uma seguidora recebeu uma bronca direta da musa: “Nunca mais pense em atacar uma pessoa de dentro do fandom pela sua aparência. Como minha fã, você deveria saber o quanto eu abomino isso. E principalmente, trazendo os familiares e a vida pessoal dessas pessoas pra dentro de picuinhas frívolas”. 

Questionada por um internauta sobre quais perfis deveria seguir, Bruna então abandonou a fleuma: “Eu vou parar de seguir e de responder todo mundo e aproveito e apago Twitter já que a cada dia que passa eu tenho menos paciência pra rede social. É melhor? Aí ninguém se sente injustiçado. Eu nunca entrei na página de um único fã clube meu que não tinha pelo menos uma coisa, um comentário, um post, que eu discordasse, que eu achasse ofensivo comigo ou com outra pessoa, que eu achasse invasivo, nem por isso resolvi não seguir ninguém e não falar com ninguém. Chega, gente. Por favor. Querem brigar? Briguem. Mas eu estou fora”. 

Notícias relacionadas