Viagem cinematográfica de jornalista mostra Salvador em 1925

O filme de Cornélio Pires tem imagens do Cristo da Barra no auge da elegância, o Rio Vermelho paradisíaco, o Cabula das famosas laranjas...

Foto : Divulgação

Por James Martins no dia 25 de Setembro de 2020 ⋅ 16:14

Essa verdadeira pérola me chegou pelas mãos do editor Dênis Ferreira (um dos melhores garimpeiros do YouTube que conheço) e vai emocionar quem ama Salvador de verdade. O filme feito pelo jornalista e folclorista Cornélio Pires, em 1925, sai do Rio de Janeiro e mostra generosos pedaços de nossa cidade como ela era há quase um século.

Tem que ver tudo, mas destaco as imagens do Plano Inclinado Gonçalves (cujas filas o jornalista toma como índice de nossa civilidade, que descreve como "um caso único de disciplina no Brasil"), o Cristo da Barra ainda com o pedestal de pedras (não essa base horrorosa que o cretiniza agora), o Rio Vermelho praticamente paradisíaco, a Chácara Girão, no Cabula, de famosas laranjas e jacas consagradas na música popular... sem falar nas outras cidades do Recôncavo também visitadas. Enfim, tem que ver tudo, sentar no meio-fio e chorar.

Vídeos Relacionados