A Vida Invisível

Com participação de Fernanda Montenegro, filme conta vida de duas irmãs que vivem no Rio de Janeiro da década de 50

[A Vida Invisível]
Foto : Reprodução/IMDb

Por Juliana Almirante no dia 21 de Novembro de 2019 ⋅ 11:52

No Rio de Janeiro da década de 50, Eurídice (Carol Duarte) e a irmã mais velha, Guida (Júlia Stockler), têm muito do que somos todas nós, mulheres, ainda hoje. Sob os olhos do pai, elas precisam ser intocadas, doces e de boa reputação. De sua mãe, presenciam a subserviência que o paternalismo deseja e lhes cobra.

As irmãs recebem um tratamento pouco diferente dos homens que passam por suas vidas: do abandono sofrido pela primogênita - que se torna "mãe solteira" e não encontra novas relações de afeto - ao relacionamento abusivo que inclui violência sexual enfrentado por Eurídice.

Com participação impecável da atriz Fernanda Montenegro, que dá vida à caçula quando ela chega aos 80 anos, o filme baseado no livro de Martha Batalha é capaz de emocionar profundamente o público. A obra cai como uma luva para que mulheres e homens repensem o Brasil de hoje, diante do aumento na onda de conservadorismo.

Indicações relacionadas

[A estreia solo de Ná Ozzetti, em 1988]

A estreia solo de Ná Ozzetti, em 1988

Por Juliana Rodrigues no dia 13 de Outubro de 2020 ⋅ 11:37

No primeiro disco, cantora paulistana projetada no grupo Rumo ergue as bases de sua trajetória ao aliar tradição e modernidade

[O Dilema das Redes]

O Dilema das Redes

Por Mário Kertész no dia 18 de Setembro de 2020 ⋅ 08:15

Especialistas em tecnologia e profissionais da área fazem um alerta: as redes sociais podem ter um impacto devastador sobre a democracia e a humanidade.

[Parasita]

Parasita

Por Mário Kertész no dia 22 de Janeiro de 2020 ⋅ 18:49