Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Dix Pour Cent

Em uma conceituada agência de talentos de Paris, os agentes se desdobram para manter os astros satisfeitos e os lucros constantes após uma crise

[Dix Pour Cent]
Foto : Reprodução/Netflix

Por Adele Robichez no dia 09 de Fevereiro de 2021 ⋅ 08:00

Quando assistimos os renomados filmes do cinema francês, não imaginamos o que está por trás de toda a produção. Caos, drama e muitos problemas para resolver. É pelo que passam os agentes da série de comédia francesa, disponível na Netflix Brasil, “Dix Pour Cent” ("Dez Por Cento", traduzido para o português). O nome se refere ao valor da comissão que é recebido por agentes ao fechar algum contrato com um artista.

A série conta histórias de quatro responsáveis pela carreira de grandes celebridades de  uma renomada agência de cinema em Paris, chamada ASK, que têm que lidar com o ego, emoções e exigências mirabolantes de atores com aspectos diferentes ao mesmo tempo em que lidam com uma imensa crise na empresa e com desentendimentos constantes entre eles. Cada um dos agentes têm características marcantes também, o que torna as histórias ainda mais hilárias. 

O mais interessante é que cada episódio é sobre atores de filmes franceses super famosos, que interpretam personagens com os seus verdadeiros nomes, mas trocando as suas personalidades, como Juliette Binoche, Jean Dujardan, Isabelle Hupert e Monica Bellucci, conhecidos mundialmente por suas atuações em filmes como “O morro dos ventos uivantes”, “O artista”, “Elle” e “A paixão de Cristo”. 

Ao decorrer da série, você pode chegar a se perguntar: o que esses agentes ganham passando por todas essas situações com os atores? A resposta para essa pergunta é: 10%.

 

Indicações relacionadas

[Malcolm & Marie]

Malcolm & Marie

Por Matheus Simoni no dia 15 de Fevereiro de 2021 ⋅ 11:46

Romântico ou não, filme liga o alerta para relacionamentos abusivos e mostra como, em uma noite, tudo pode desmoronar

[República dos Mentecaptos]

República dos Mentecaptos

Por Mário Kertész no dia 08 de Fevereiro de 2021 ⋅ 12:10

Fernando Vita conta a história do prefeito de "Todavia", uma cidade imaginária localizada no Recôncavo Baiano, que tem como ídolo Antônio Carlos Magalhães

[2020 Nunca Mais]

2020 Nunca Mais

Por Matheus Simoni no dia 05 de Fevereiro de 2021 ⋅ 11:59

Retrospectiva bem humorada e uma sátira a um ano que não vai deixar saudade nenhuma

[A Voz Suprema do Blues]

A Voz Suprema do Blues

Por Matheus Simoni no dia 21 de Dezembro de 2020 ⋅ 09:44

Filme estrelado por Viola Davis mostra último trabalho em vida de Chadwick Boseman, que interpreta o trompista ambicioso Levee

[Marshall: Igualdade e Justiça]

Marshall: Igualdade e Justiça

Por Matheus Simoni no dia 30 de Novembro de 2020 ⋅ 12:11

Em tempos onde se discute a necessidade de ser antirracista, é um filme necessário. 

[Os 7 de Chicago]

Os 7 de Chicago

Por Matheus Simoni no dia 26 de Outubro de 2020 ⋅ 12:34

Novo filme da Netflix, fala sobre um famoso julgamento nos EUA e tem elenco e diretores famosos

[A estreia solo de Ná Ozzetti, em 1988]

A estreia solo de Ná Ozzetti, em 1988

Por Juliana Rodrigues no dia 13 de Outubro de 2020 ⋅ 11:37

No primeiro disco, cantora paulistana projetada no grupo Rumo ergue as bases de sua trajetória ao aliar tradição e modernidade