Bahia

Artesão morre após ter 70% do corpo incendiado em Itacaré

César Alves Borges, 24 anos, que trabalhava como artesão, teve 70% do corpo incendiado e morreu após sofrer um ataque na cidade de Itacaré no último domingo (3). César dormia em uma barraca de camping quando dois homens atearam fogo na estrutura. [Leia mais...]

[Artesão morre após ter 70% do corpo incendiado em Itacaré]
Foto : Reprodução/Jequié Urgente

Por Bárbara Silveira no dia 09 de Janeiro de 2016 ⋅ 10:38

César Alves Borges, 24 anos, que trabalhava como artesão, teve 70% do corpo incendiado e morreu após sofrer um ataque na cidade de Itacaré no último domingo (3). César dormia em uma barraca de camping quando dois homens atearam fogo na estrutura. "Ele levantou de madrugada pegando fogo. Eles [os criminosos] abriram a barraca e jogaram gasolina dentro e em cima dele", informou a prima do artesão, Camila Borges, ao Correio.

Mesmo em chamas, ele conseguiu sair da barraca e pediu ajuda a uma ex-namorada. O artesão foi internado no Hospital Municipal de Itacaré, mas por conta da gravidade das lesões, foi transferido para o Hospital Regional de Ilhéus e, depois, para o Hospital Geral de Santo Antônio de Jesus.  "Ele teve algum problema no pulmão e, por causa disso, foi sangue para o coração. Isso acarretou em embolia pulmonar o que causou duas paradas cardíacas", explicou a prima.

Notícias relacionadas