Quarta-feira, 22 de setembro de 2021

Bahia

Secretário diz que escolas estaduais estão prontas e cobra retorno dos professores vacinados com duas doses

Secretário Jerônimo Rodrigues deu entrevista nesta segunda-feira e anunciou que aulas do fundamental voltam no dia 9 de agosto

Secretário diz que escolas estaduais estão prontas e cobra retorno dos professores vacinados com duas doses

Foto: Reprodução Radio Metropole

Por: André Uzêda no dia 26 de julho de 2021 às 09:11

No dia de retorno das aulas semipresenciais na rede estadual de ensino, o secretário da Educação da Bahia, Jerônimo Rodrigues, garantiu que as escolas públicas estão preparadas para o retorno dos alunos.

"Nos preparamos para criar o melhor ambiente de retorno. Todas as 2 mil escolas estaduais da Bahia estão 100% prontinhas. Investimos para criar as condições ideais, com dispenser para álcool em gel nos corredores, máscara para todos os alunos", disse.

As declarações foram dadas em entrevista nesta segunda-feira (26) a Mário Kertész, na Rádio Metropole. Questionado sobre as reivindicações dos professores, por meio do sindicato da APLB, que se recusam a voltar, Rodrigues disse que tem dialogado para atender os pleitos da categoria, mas cobrou que os profissionais que já foram vacinados precisam retornar à sala de aula.

"Me comprometi com o governador que iríamos gastar nossa energia com o lado de dentro da escola. Estamos nos reunindo com a APLB epedimos para ver quais são as condições ideiais que eles consideram para o retorno. A escola é um ambiente de cuidado. Nós já temos mais de 80% dos professore já tomaram as duas doses. Quem já tomou as duas doses, tem mais de 15 dias, o que justifica esses professores não estarem na sala de aula?", disse.

Rodrigues também anunciou que a partir do dia 9 de agosto as aulas do ensino fundamental retornam. Nesta segunda, o retorno programado foi de alunos das aulas do ensino médio. "Se tiver algum problema voltamos para as aulas remotas. Mas não é o que queremos. Queremos avançar e manter as aulas semipresenciais", concluiu.
 

Secretário diz que escolas estaduais estão prontas e cobra retorno dos professores vacinados com duas doses - Metro 1