Domingo, 22 de maio de 2022

Bahia

Conder identifica 977 imóveis destruídos por chuvas em 13 municípios da Bahia

Causas mais frequentes dos estragos estão relacionadas com enchentes, falta de infraestrutura e construções próximas a encostas

Conder identifica 977 imóveis destruídos por chuvas em 13 municípios da Bahia

Foto: Ascom/ Conder

Por: Metro1 no dia 14 de janeiro de 2022 às 14:59

A Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) concluiu, nesta sexta-feira (14), o trabalho de identificação e dimensionamento dos estragos provocados pelas fortes chuvas em 94 localidades pertencentes a 13 municípios do sul e extremo sul do estado. De acordo com o levantamento desta primeira etapa, 977 imóveis foram destruídos e condenados. O mapeamento foi iniciado no dia 15 de dezembro de 2021.

As causas mais frequentes dos estragos em residências, pontos comerciais e prédios institucionais estão relacionadas com as enchentes; problemas de falta de infraestrutura, como rede de drenagem e esgoto; além de construções próximas a encostas. A pesquisa se refere ao mapeamento das seguintes cidades: Medeiros Neto, Jucuruçu, Itamaraju, Prado, Vereda, Andaraí, Ruy Barbosa, Teolândia e Mutuípe, Itamari, Gandu, Wenceslau Guimarães e Ituberá. 

Nos municípios de Jucuruçu, Itamarajú, Medeiros Neto e Vereda, os 151 imóveis que foram destruídos ou condenados estão localizados à margem dos rios. Já em Prado e Ruy Barbosa as equipes técnicas da Conder identificaram 46 edificações que sofreram danos relacionados com problema de drenagem e na rede de esgoto. Em Andaraí, os 122 imóveis atingidos pelas águas, possuem fissuras provocadas também pelo deslizamento de barranco.

As atividades da segunda etapa da operação serão realizadas até o dia 15 de janeiro, em mais outras 10 cidades afetadas, informou a Conder. A ação faz parte da Operação SOS Chuva. 

Conder identifica 977 imóveis destruídos por chuvas em 13 municípios da Bahia - Metro 1