Bahia

Traficante do Baralho do Crime é suspeito por 11 mortes no fim de semana

De acordo com a polícia, o rapaz já tem mandado de prisão em aberto e é procurado por tráfico de drogas e faz parte da quadrilha de Marivan Elias da Silva, um dos líderes do tráfico em Nova Vitória - ele também está no Baralho do Crime, sendo o Seis de Copas. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/SSP-BA

Por Camila Tíssia no dia 30 de Agosto de 2016 ⋅ 06:54

Bruno de Oliveira Santos, que é o Quatro de Espadas do Baralho do Crime, é apondado como responsável pela onda de violência que deixou 11 pessoas mortas entre a última quinta-feira (25) e domingo (28) em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. A informação foi divulgada pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) nessa segunda (29).

De acordo com a polícia, o rapaz já tem mandado de prisão em aberto e é procurado por tráfico de drogas e faz parte da quadrilha de Marivan Elias da Silva, um dos líderes do tráfico em Nova Vitória - ele também está no Baralho do Crime, sendo o Seis de Copas. Bruno é suspeito das ações que resultaram na morte de quatro adolescentes, no bairro, e mandante dos demais crimes que aconteceram no local nesse final de semana. 

Segundo as investigações, os crimes foram motivados pela busca por parte da quadrilha de Marivan do controle do tráfico de drogas em Nova Vitória. O secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, explica que a região é monitorada há um ano e meio. "Graças a esse acompanhamento, conseguimos prender um dos líderes do tráfico no início do mês", afirmou.

Já a delegada Maria Tereza Santos Silva, titular da 4ª Delegacia de Homicídios de Camaçari, falou que todas as mortes registradas têm ligação com tráfico de drogas. O policiamento da cidade foi reforçado após os crimes.

Notícias relacionadas