Bahia

Governo e Embasa trabalham para melhorar situação da seca na Bahia

A seca no Nordeste está ainda pior do que a cantada por Luiz Gonzaga na década de 1950.Sem chuva prevista e com metade dos 417 municípios em situação de emergência, o panorama é ainda pior para a Bahia [Leia mais...]

[Governo e Embasa trabalham para melhorar situação da seca na Bahia]
Foto : Marcello Casal Júnior/Agência Brasil

Por Bárbara Silveira no dia 23 de Março de 2017 ⋅ 14:45

A seca no Nordeste está ainda pior do que a cantada por Luiz Gonzaga na década de 1950.  Sem chuva prevista e com metade dos 417 municípios em situação de emergência, o panorama é ainda mais crítico para a Bahia. O PHD em engenharia química e professor da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Asher Kiperstok, avaliou que a situação tende a piorar.

“Ainda não se abriu os olhos para as mudanças climáticas. Fala-se apenas em medidas de mitigação. Precisamos adaptar. Todos os modelos apontam para uma situação mais grave. Esta seca é a melhor, porque, daqui para a frente, vai ser bem pior. As outras vão ser piores que essa”, disse.

Segundo o professor, o uso indevido da água é um dos principais problemas. “As perdas de água, os gatos, são grandes. O primeiro passo é ser honesto e reconhecer que temos um problema. Depois, trabalhar nele”, completou.

Governo age rápido

O governo do estado e a Embasa afirmam que estão agindo para minimizar os danos causados pela seca. Uma das medidas é a transposição da Barragem de Santa Helena, que vai beneficiar Salvador, Camaçari e Candeias. Serão R$ 172 milhões em investimentos. A Embasa também adquiriu bombas para o lago da Barragem de Santa Helena e para o Rio Jacumirim. Também está prevista a perfuração de 14 poços, com custo estimado de R$ 75 milhões, para aumentar a vazão. A empresa também fortaleceu as medidas de economia, reduzindo a água distribuída às indústrias e intensificando as ações de combate às fraudes e gatos.

Notícias relacionadas

[Embasa nega favorecimento de empresas em contratos ]
Bahia

Embasa nega favorecimento de empresas em contratos 

Por Metro1 no dia 18 de Outubro de 2019 ⋅ 07:58 em Bahia

“As dispensas de licitações são previstas legalmente para garantir a continuidade da prestação de serviços essenciais para população", diz a empresa