Bahia

'Presente inestimável para o povo', diz Jorge Portugal sobre Osba

Emocionado, o secretário de Cultura do Estado, Jorge Portugal, se pronunciou durante a assinatura da publicização da Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba), que aconteceu nesta terça-feira (4). Além de parabenizar a iniciativa do governador Rui Costa de promover a manutenção da orquestra, Portugal ainda salientou a satisfação de conseguir a publicização da Osba, depois de tantos esforços. [Leia mais...]

['Presente inestimável para o povo', diz Jorge Portugal sobre Osba]
Foto : Yasmin Garrido /Metropress

Por Laura Lorenzo e Yasmin Garrido no dia 04 de Abril de 2017 ⋅ 16:41

Emocionado, o secretário de Cultura do Estado, Jorge Portugal, se pronunciou durante a assinatura da publicização da Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba), que aconteceu nesta terça-feira (4). Além de parabenizar a iniciativa do governador Rui Costa de promover a manutenção da orquestra, Portugal ainda salientou a satisfação de conseguir a publicização da Osba, depois de tantos esforços, e manter uma parte tão importante da cultura da Bahia viva.

'A alma baiana que é uma alma musical não é uma alma que quer excluir nenhuma vertente da musica dentro de si. Por isso que quando me perguntaram qual a importância da Orquestra Sinfônica, eu disse, a Orquestra Sinfônica para uma alma sensível que não quer excluir nenhuma vertente da música é fundamental', disse Portugal. 'As pessoas não acreditavam muito. Mas a agente sabia que o martelo estava batido. E não paramos de lutar um minuto, deu um trabalho muito grande, todo o trabalho de publicização não foi fácil', completou.

Além de agradecer à iniciativa de Rui, Portugal ainda salientou a importância da iniciativa do governo da Bahia em manter o investimento na cultura em um momento de crise em todo o país.

'Governador, o senhor está dando um presente inestimável a esse povo. É uma atitude de muita determinação, coragem, de muita compreensão da fundamentalidade da cultura. Até porque hoje na Bahia somos uma ilha. Estamos na contramão do Brasil. O projeto Cultura Viva foi praticamente desativado pelo governo Temer. Mas na Bahia nós renovamos 126 pontos de cultural. Foram R$ 56 milhões do fundo de cultura, R$15 milhões do Faz Cultura. Não houve restrição das nossas linhas de fomento, quando qualquer outro estado atravessando a situação em que estamos já teria cortado muito os percentuais dessa receita. Estou aqui agradecendo o governador por entender que cultura e Bahia são sinônimos. Cultura e Bahia rimam. A publicização da Osba é um registro de que nós estamos contemplando esse grande painel da maneira como a alma sensível de um governante deve contemplar', disse o secretário.

Notícias relacionadas

[Prefeito de Morro do Chapéu é denunciado ao MPE]
Bahia

Prefeito de Morro do Chapéu é denunciado ao MPE

Por Kamille Martinho no dia 14 de Novembro de 2019 ⋅ 19:00 em Bahia

Leonardo Dourado Lima foi denunciado por irregularidades na contratação de empresa para fornecimento de medicamentos, nos exercícios de 2017 a 2019