Bahia

Desembargador comemora arquivamento de inquérito: “Ninguém cometeu crime”

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) arquivou, nesta quarta-feira (18), por unanimidade, o inquérito contra o desembargador José Olegário Monção Caldas, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). [Leia mais...]

[Desembargador comemora arquivamento de inquérito: “Ninguém cometeu crime”]
Foto : Divulgação/ Tribunal de Justiça da Bahia

Por Matheus Morais no dia 19 de Outubro de 2017 ⋅ 08:55

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) arquivou, nesta quarta-feira (18), por unanimidade, o inquérito contra o desembargador José Olegário Monção Caldas, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta quinta-feira (19), ele explicou como virou alvo na Operação Vortigern, deflagrada no dia 7 de julho deste ano. O pedido de arquivamento foi feito pelo Ministério Público Federal (MPF) por falta de provas de prática de conduta criminosa. 

“Num dado momento de uma investigação, os promotores localizaram um documento firmado por um delegado da Polícia Federal, de Brasília, dirigido ao corregdor, e eu era o corregedor. Eu não recebi o documento e esse foi o primeiro entendimento. Ao ler o documento, eu entendi que ele não dizia coisa com coisa, eram notícias soltas que não terminavam, isso me chamou atenção”, contou.

“Antes disso, foram realizadas diligências, interceptações telefônicas, buscas e apreensões. Eles descobriram que o documento não chegou. A Polícia Federal foi correta e descobriu que esse documento é falso, até a assinatura do delegado é falsa. O Conselho Nacional de Justiça nunca soube desse documento. Depois da gente sofrer o processo, foi reconhecida a inocência, ninguém cometeu crime nenhum. O ministro Og Fernandes decretou o arquivamento”, explicou.

Notícias relacionadas

[Uneb abre inscrições para Vestibular 2020]
Bahia

Uneb abre inscrições para Vestibular 2020

Por Juliana Rodrigues no dia 14 de Outubro de 2019 ⋅ 12:20 em Bahia

Instituição oferece 6.321 vagas, sendo 4.021 vagas para cursos de graduação na modalidade presencial e 2.300 à distância