Bahia

MPF denuncia desvios de R$ 1,8 mi das obras do Rio Camaçari

De acordo com o órgão, houve desvio de pelo menos R$ 1,8 milhão dos cofres do município durantes as gestões dos ex-prefeitos Luiz Caetano (PT) e Ademar Delgado (sem partido). [Leia mais...]

[MPF denuncia desvios de R$ 1,8 mi das obras do Rio Camaçari]
Foto : Divulgação/MPF

Por Clara Rellstab no dia 13 de Abril de 2018 ⋅ 16:10

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou um conjunto de irregularidades nas obras de urbanização do Rio Camaçari, na cidade homônima, na Região Metropolitana de Salvador.

De acordo com o órgão, houve desvio de pelo menos R$ 1,8 milhão dos cofres do município durantes as gestões dos ex-prefeitos Luiz Caetano (PT) e Ademar Delgado (sem partido).

Ambos tornaram-se réus da ação por improbidade administrativa na Justiça Federal, que aceitou a denúncia da Procuradoria.

Entre as fraudes apontadas pelo MPF estão superfaturamento e sobrepreço das intervenções, desvios de recursos públicos, realização de aditivos muito acima dos limites permitidos por lei e licitação manipulada para beneficiar a empresa responsável pela obra, a construtora Cowan – também ré no processo.

Notícias relacionadas