Bahia

Agentes penitenciários da Bahia recebem armas de fogo para utilização no trabalho

Foram entregues, além das armas, fardamentos para os servidores penitenciários, equipamentos de baixa letalidade, munições de impacto controlado) coletes de proteção balística, entre outros

[Agentes penitenciários da Bahia recebem armas de fogo para utilização no trabalho]
Foto : Fernando Vivas/GOVBA

Por Matheus Simoni no dia 15 de Março de 2019 ⋅ 09:00

Agentes de 26 unidades penitenciárias do estado da Bahia passarão a contar com armas de fogo, como pistolas, carabinas e espingardas. A medida será possibilitada em alguns momentos da rotina de trabalho. Os novos instrumentos começaram a ser distribuídos durante um ato solene em Salvador, na quarta-feira (13), na sede da Secretária de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap-BA), no CAB. Foram entregues, além das armas, fardamentos para os servidores penitenciários, equipamentos de baixa letalidade (granadas, espargidores (que disparam spray de pimenta), munições de impacto controlado) coletes de proteção balística, entre outros.

É a primeira vez que a entrega desse tipo de material é feita pela Seap, desde que o estatuto que regula o armamento foi alterado para que os agentes pudessem trabalhar portando armas, em 2014. O arsenal ficará em cofres instalados nas unidades. Apesar disso, os agentes não poderão utilizá-los durante a rotina diária de trabalho, exceto em casos específicos, como: escolta, custódia e segurança de perímetro dos estabelecimentos prisionais. 

Segundo a Seap, todos os agentes penitenciários serão capacitados para utilizar os equipamentos, que custaram aos cofres do Governo do Estado cerca de R$ 7,9 milhões.

Notícias relacionadas

[Club Med Itaparica funciona até 31 de julho]
Bahia

Club Med Itaparica funciona até 31 de julho

Por Juliana Rodrigues no dia 21 de Março de 2019 ⋅ 08:21 em Bahia

Decisão de fechar a unidade faz parte de uma "estratégia mundial" de focar em resorts premium, segundo a direção da rede