Bahia

Bahia tem o segundo menor índice de adultos com nível superior completo do país

De acordo com o IBGE, índice está abaixo da média nacional e só é melhor do que o registrado no Maranhão

[Bahia tem o segundo menor índice de adultos com nível superior completo do país]
Foto : Camila Souza/GOVBA

Por Juliana Rodrigues no dia 19 de Junho de 2019 ⋅ 12:20

A Bahia tem um dos maiores índices de defasagem e abandono escolar entre adolescentes e jovens, além de apresentar o segundo menor porcentual de adultos com nível superior completo do país, de acordo com dados divulgados hoje (19) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 2018, apenas 10,1% dos baianos com 25 anos ou mais tinham concluído um curso universitário, índice que só está acima do verificado no Maranhão (8,6%) e abaixo da média nacional, de 16,5%.

A pesquisa aponta que o acesso à escola na Bahia está próximo de se tornar universal: em 2018, 96,8% das crianças baianas de 4 ou 5 anos estavam na pré-escola, e 99,2% das crianças de 6 a 14 anos frequentavam a escola. No entanto, a defasagem e a evasão escolar começam cedo: no grupo etário de 11 a 14 anos, 19,9% das crianças já não estavam cursando o ensino fundamental II, o que seria o esperado.

O porcentual mais que dobra entre os adolescentes de 15 a 17 anos. Nessa faixa etária, pouco mais de 4 em cada 10 pessoas (44,6%) ou já saíram da escola ou ainda não chegaram ao ensino médio. Já no grupo de jovens de 18 a 24, pouco mais de 8 em cada 10 haviam abandonado a vida escolar ou ainda não tinham chegado à universidade.

Notícias relacionadas