Sábado, 19 de junho de 2021

Bahia

Primo de Marcell que diz ter sido agredido revela motivo e é lotado na AL-BA 

Em contato com a Rádio Metrópole, Lucas contou que foi "espancado" e estava com suspeita de fratura na costela e no maxilar.

Primo de Marcell que diz ter sido agredido revela motivo e é lotado na AL-BA 

Foto: Divulgação / Lucas Carvalho

Por: Alexandre Galvão no dia 24 de outubro de 2019 às 13:29

Primo do deputado estadual Marcell Moraes (PSDB), que afirmou ter sido agredido hoje (23) pelo parlamentar e assessores, Lucas Carvalho afirmou à reportagem que a briga começou após uma desconfiança de traição do deputado. 

"Ele não mora nesse prédio, tem esse apartamento para ficar uma companheira. Me chamou no apartamento, estava desconfiando que fiquei com ela. Quando cheguei, ele foi tirar satisfação. Eu disse que nunca tinha ficado com ela. Marcell perguntou a ela e ela disse que sim. Ele afirmou que era pra eu correr, que ia me matar", relatou. 

Em contato com a Rádio Metrópole, Lucas contou que foi "espancado" e estava com suspeita de fratura na costela e no maxilar. Em pesquisa feita pelo Metro1 no site da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), verificou-se que o último ato do RH colocava Lucas como assessor do então deputado Adolfo Viana, que também é do PSDB, partido de Marcell. 

Perguntado sobre seu vínculo com o Legislativo, o advogado supostamente agredido diz que estava lotado na liderança da legenda, mas trabalhava diariamente com o primo. O Metro1 buscou contato com o tucano e com sua assessoria, mas não obteve retorno oficial.

Ouça aqui o áudio: 

 

Primo de Marcell que diz ter sido agredido revela motivo e é lotado na AL-BA  - Metro 1