Sábado, 04 de dezembro de 2021

Bahia

Análise aponta que pescado está próprio para consumo após contaminação por óleo na Bahia

Índice de contaminação foi considerado abaixo da referência estabelecida pela entidade internacional Agencia de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (Usepa)

Análise aponta que pescado está próprio para consumo após contaminação por óleo na Bahia

Foto: Elói Corrêa/GOVBA

Por: Juliana Almirante no dia 22 de novembro de 2019 às 08:00

Relatório técnico divulgado pela Bahia Pesca, vinculada  à Secretaria de Agricultura da Bahia (Seagri), aponta que peixes, caranguejos, ostras e siris coletados pelo órgão após as manchas de óleo atingirem a Bahia estão próprios para o consumo.

O resultado do trabalho foi divulgado ontem (21), de acordo com o G1. 

As 23 amostras analisadas apresentaram níveis "leves" da substância Hidrocarbonetos Policíclicos Aromáticos (HPAs). O índice foi considerado abaixo da referência estabelecida pela entidade internacional Agencia de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (Usepa).

As áreas de pesca vistoriadas ficam em Jandaíra, Conde, Entre Rios, Camaçari, Caravelas, Salvador, Maraú, Itacaré, Ilhéus, Canavieiras, Belmonte, Prado, Alcobaça, Santa Cruz Cabrália, Vera Cruz, Ituberá, Jaguaripe, Valença, Nilo Peçanha, Cairu, Camamu e Taperoá.

Análise aponta que pescado está próprio para consumo após contaminação por óleo na Bahia - Metro 1